SOCIAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Comissão de Direitos Humanos socializa cartilha do Cidadão Pikinoti 09 Abril 2014

A Comissão Nacional para os Direitos Humanos e Cidadania (CNDHC) está a socializar, na região Fogo e Brava, a cartilha “Cidadão Pikinoti” junto dos professores do 1º e 2º anos do Ensino Básico Integrado e monitores dos jardins-de-infância.

Na ilha do Fogo, o acto de socialização aconteceu esta manhã de quarta-feira, 9, na biblioteca municipal da cidade de Cova Figueira, Santa Catarina. Depois da ilha do Fogo, o documento vai ser socializado esta quinta-feira, na escola básica da cidade de Nova Sintra (Brava), com professores e monitores de infância daquela ilha e com a mesma finalidade.

A cartilha "Cidadão Pikinoti" destina-se a crianças dos jardins infantis e os primeiros anos do Ensino Básico (primeiro e segundo anos) e visa transmitir às crianças conceitos básicos relacionados com os seus direitos e deveres e com o exercício da cidadania.

O objectivo, segundo uma nota de imprensa da CNDHC, é o de, capacitar os professores e monitores sobre os conteúdos da cartilha para que numa fase posterior, possam trabalhá-los com os seus alunos.

A cartilha foi lançado em Outubro do ano passado e desde então a CNDHC tem realizado sessões de socialização do conteúdo do documento em algumas escolas, sobretudo da Cidade da Praia.

“Cidadão pikinoti” corresponde ao quarto número da colecção “Cadernos de Cidadania” da CNDHC, publicado desde 2010 e que engloba o “Guia do Cidadão Eleitor”, “Un Mundu Pa Nos Tudu” (Um mundo para todos) e “Cartilha do Munícipe Atento”, e visa a densificação da cidadania em Cabo Verde, uma das atribuições da CNDHC.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade


Newsletter