ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Dois ATRs da TACV imobilizados 22 Junho 2013

A Transportadora Aérea de Cabo Verde está com dois dos seus três ATRs imobilizados. Um dos ATRs está em manutenção desde Dezembro, enquanto o outro anda à espera de um motor para poder voar. Daí serem frequentes as turbulências nos voos internos, como a do fim-de-semana que deixou passageiros em terra nas ilhas do Fogo e do Sal.

Dois ATRs da TACV imobilizados

A Semana apurou que a falta de dinheiro para a manutenção de rotina do ATR 48, que deve acontecer de dois em dois anos, obrigou a empresa a imobilizar o aparelho no hangar do Aeroporto Internacional da Praia desde Dezembro passado. Já o ATR 42 aguarda a vinda do seu motor, que foi enviado para o Canadá para uma reparação geral.

“Estamos expectantes quanto à entrada dos dois ATRs em linha porque o único em actividade não consegue cumprir o plano de voos diários da TACV. Em princípio, entre os dias 3 e 5 de Julho próximo os três ATRs devem estar operacionais”, garante uma fonte da companhia aérea.

A avaria ocorrida no sábado, 15, e que deixou mais de 70 passageiros retidos no Fogo e outros tantos no Sal, pôs a nú as fragilidades da nossa companhia aérea de bandeira. Os passageiros que deviam voar para Praia e São Nicolau não conseguiam conter a sua impaciência frente à já habitual falta de informação.

Exactamente por isso, há quem se mostre céptico quanto à abertura de novas linhas anunciadas para este Verão, em plena época alta – a ligação sazonal com Madrid é uma delas.

“Os boeings estão sobrecarregados porque fazem as rotas internacionais e ainda garantem as ligações entre São Vicente, Sal e Praia. Com que aparelho vão fazer mais esta linha?”, questiona um passageiro frequente da TACV.

Constânça de Pina

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade



Newsletter