ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Santo Antão: Nuno, um exemplo do empreendedorismo jovem 09 Janeiro 2013

Em menos de seis anos de trabalho Nuno Miguel Wanon Ferreira Neves, de 32 anos, já é considerado um dos jovens empreendedores mais bem sucedidos no ramo de lavagem de viaturas na Ribeira Grande, Santo Antão. O jovem definiu o seu salário fixo/mensal em 30 mil escudos e planeia num futuro próximo, fundar uma pequena empresa, na área de mecânica, manutenção e lavagem de viaturas.

Santo Antão: Nuno, um exemplo do empreendedorismo jovem

Aos 12 anos Nuno Neves foi enviado pela família a Portugal para estudar. Devido às dificuldades em assimilar as matérias, só estudou até à 5ª classe do Ensino Básico Integrado (EBI). Foi aconselhado por uma psicóloga a ingressar numa escola de formação profissional da Liga Portuguesa de Deficientes Motores (LPDM) onde, durante quatro anos, estudou mecânica, manutenção e lavagem de viaturas. Por causa dos resultados obtidos, foi designado para fazer um estágio profissional de seis meses numa empresa da marca japonesa Toyota.

“Regressei para Cabo Verde em 2002, procurei emprego durante cinco anos, mas não encontrei. Baseado na minha formação, tracei um plano dividido em três fases e com sentido profissional, comecei a lavar viaturas em 2007, apenas com baldes e um par de panos de limpeza. Com aumento de clientes, comprei uma carrinha-de-mão, um aspirador, uma máquina de jacto de água, uma mangueira e uma extensão de transporte de energia”, diz com muito orgulho.

Hoje, acrescenta, após cerca de seis anos de trabalho, com muito profissionalismo e dedicação “sinto-me encorajado para materializar o meu plano e estou satisfeito com os resultados já obtidos”. "Comprei um novo meio de transporte dos equipamentos, sem contrair nenhum empréstimo. Defini um salário/mensal de 30 mil escudos para mim e já disponho de um número satisfatório de clientes. Entre eles, destacam-se as instituições privadas, do Estado e da Sociedade Civil, com os quais tenho contrato fixo/mensal. Para além de viaturas de transportes públicos e outras”.

Um responsável de uma das instituições clientes de Nuno Neves, contactado pelo asemanaonline garante que "Nuno é um exemplo de jovem empreendedor e a sua experiência deve ser seguido por todos os jovens. Ele trabalha com profissionalismo e dedicação e sabe muito bem o que quer no futuro”. Por isso, o Conselho Regional de Parceiros (CRP) vai apoiá-lo com um kit de ferramentas.

Questionado sobre qual mensagem deixaria aos outros jovens que se encontram desempregados, Nuno Neves é peremptório em afirmar que “o sistema de emprego em Cabo Verde mudou. O Estado no cumprimento das suas funções, está a criar as condições institucionais financeiras e técnicas de apoio a iniciativas privadas. Nós, os jovens, o que devemos fazer é procurar informações e apoios, para criarmos os nossos empregos”. Por isso, anuncia,“o meu próximo passo, é fundar uma pequena empresa de mecânica, manutenção e lavagem de viaturas”.

MN

publicidade

Os artigos mais recentes

02 Oct. 2014
OPINIÃO
Postal de Lisboa

100% Prático

publicidade






Mediateca
publicidade


Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade












publicidade













Newsletter