ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

FBI: Ameaças terroristas estão em todo o mundo e Cabo Verde não foge à regra 23 Maio 2012

O director-adjunto do FBI, Andrew McCabe, que participa na ilha do Sal da Conferência Internacional sobre o Terrorismo, lembrou que as ameaças estão em todo o mundo e que Cabo Verde não foge à regra, considerando a sua posição geoestratégica.

FBI: Ameaças terroristas estão em todo o mundo e Cabo Verde não foge à regra

Andrew McCabe disse que o grande desafio é poder detectar e desmantelar com antecedência os métodos eficazes de ataque, utilizados pelos bombistas. Segundo director-adjunto do FBI, a criatividade, habilidade e evolução técnica na construção dos engenhos explosivos para conspirações terroristas é um dos “grandes desafios” a enfrentar, defendendo a importância de um trabalho conjunto no âmbito do combate ao terrorismo.

Para o chefe do governo cabo-verdiano, José Maria Neves, que inaugurou o evento, a conferência é uma oportunidade para debater alguns dos problemas colectivos e avaliar quais as áreas em que a cooperação poderá constituir "um valor acrescido" relativamente aos esforços de cada um dos Estados.

Em relação a Cabo Verde, José Maria Neves defendeu que o arquipélago "tem feito jus ao bom-nome" e tem sido um país útil na promoção da paz e da estabilidade "factores cruciais da liberdade e da prosperidade". O primeiro-ministro assegurou que a intensificação da actuação das redes terroristas, nos países próximos das fronteiras de Cabo Verde, é encarada pelo governo com "muita atenção".

Neves afirmou que a África Ocidental e Central está a ganhar crescente importância para o crime organizado e para as organizações criminais transnacionais. "As redes de crime organizado transnacional têm procurado bases objectivas para realizarem as suas operações ilícitas, principalmente tráfico de estupefacientes e de seres humanos, produtos pirateados, imigração ilegal e recursos naturais", alertou o primeiro-ministro.

Na conferência, em Santa Maria, na ilha do Sal, participam 150 agentes da polícia de diferentes países. Hoje na Conferência Internacional sobre Terrorismo estão a ser debatidos temas ligados à análise de informação. Também está prevista para hoje uma formação específica sobre procedimentos na análise de informação e interrogatório policial, dirigida ao pessoal das polícias, judiciária e nacional.

A conferência termina nesta quarta-feira, 23, e o encerramento estará a cargo do Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca.

Fonte: RC/VN

publicidade

Os artigos mais recentes

27 Nov. 2014
OPINIÃO
Postal de Lisboa

100% Prático

publicidade





Mediateca
publicidade


Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade












publicidade













Newsletter