INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Rússia terá matado líder do ISIS com ataque aéreo 16 Junho 2017

O ministério da Defesa russo, citado pela agência Reuters, indica que está crente de que matou o líder do Estado Islâmico na sequência de um ataque aéreo a um local onde estavam reunidos líderes do grupo extremista.

Rússia terá matado líder do ISIS com ataque aéreo

Segundo Sergei Shoigu, ministro da Defesa russo, Abu Bakr al-Bagdadi "poderá ter morrido" num bombardeamento em Raqqa, realizado a 28 de maio, e até já foi iniciada uma investigação para confirmar ou desmentir as suspeitas do governo de Putin.

A Defesa russa está ainda confiante de que, além da morte do líder dos jihadistas, também outros 30 elementos de cargos mais altos na hierarquia do grupo extremista tenham perdido a vida, juntamente com mais de 300 militantes do Estado Islâmico.

Esta informação carece, naturalmente, de confirmação oficial, uma vez que, ao longo dos últimos anos, foram várias as entidades que acreditaram ter matado al-Bagdadi, sendo que nenhuma se confirmou até agora, inclusivamente as informações veiculadas pela televisão estatal síria, que adiantava a morte do líder do ISIS no último fim de semana na sequência dos bombardeamentos norte-americanos.

Caso se confirme esta morte, será um grande êxito para a Rússia, que lidera uma acção militar em apoio ao Presidente sírio, Bashar al-Assad, desde Setembro de 2015.

A mesma fonte referiu que avisou os Estados Unidos do ataque, acrescentando que entre os líderes do ISIS estavam Abi al-Khadji al-Mysri, Ibrahim al-Naef al-Khadj e Suleiman al-Shauah.

É também digno de referência que as agências de inteligência já tinham divulgado um prémio de 25 milhões de dólares pela morte de Abu Bakr al-Baghdadi.

C/NoticiasAoMinuto

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade


Newsletter