INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Austrália retira nacionalidade a djihadista 13 Fevereiro 2017

O governo australiano multiplicou as leis antiterroristas a partir de Setembro de 2014. Quase dois anos e meio depois, a lei anti-djihad é aplicada pela primeira vez, anunciou o Ministério da Imigração.

Austrália retira nacionalidade a djihadista

As autoridades anunciaram, este domingo 12, em Canberra, que um indivíduo – cujo nome o Ministério da Imigração recusou revelar – foi destituído da nacionalidade australiana depois de ter sido acusado de pertencer ao Estado Islâmico.

Contudo, no sábado, 11 o diário The Australian tinha-o identificado: Khaled Sharrouf. O binacional libanês-australiano tinha em 2014 colocado nas redes sociais uma foto do filho de sete anos a segurar a cabeça de um soldado sírio.

Em 2013, o homem na casa dos 30 teria deixado a Austrália para se juntar ao EI na Síria. No ano seguinte, a família foi ter com ele. A esposa Tara Nettleton terá sido morta em 2016 num ataque de drone, ao qual Sharrouf escapou com vida. Desconhece-se o destino dos cinco filhos do casal.

Fontes: The Australian. Foto (Southwales News): 1ª vez que Sharrouff entrou na mira da Polícia foi em 2012 durante um protesto em Sidney contra um filme "anti-islâmico".

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade


Newsletter