DIÁSPORA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Jordan Neves integra elite de atletas olímpicos no Luxemburgo 11 Fevereiro 2017

Jordan Neves, karateca de origem cabo-verdiana do KC Differdange, é o mais recente membro da elite do Comité Olímpico Desportivo do Luxemburgo (COSL). Tem planos para o futuro e sonha com um pódio nas principais competições mundial da modalidade, em especial nos Jogos Olímpicos.

Jordan Neves integra elite de atletas olímpicos no Luxemburgo

Iniciou-se na modalidade porque a mãe o levou pela primeira vez ao ’dojo’ de Differdange ainda muito pequeno. Hoje, com apenas 18 anos, o jovem de origem cabo-verdiana já é campeão de karaté do Luxemburgo de todas as categorias em kumité e uma das grandes esperanças da modalidade no Grão-Ducado, como revelou Fred Bertinelli, presidente da Federação Luxemburguesa de Artes Marciais (FLAM), em conferência de imprensa realizada esta sexta-feira no Centro Desportivo de Oberkorn, pelo clube de Differdange.

Com uma evolução notável no último ano e meio, Jordan Neves vai ter uma agenda bastante carregada em 2017, a começar pela participação no Campeonato da Europa de Karaté que se disputa em Sofia, capital da Bulgária, entre 17 e 19 de fevereiro.

O karateca mostrou-se bastante satisfeito por integrar o quadro de atletas de elite do COSL, uma das várias etapas que pretende atingir a curto/médio prazo.

"É um sonho que acabo de concretizar. Esta faz parte de um grupo de etapas que prevejo ultrapassar nos próximos anos para tentar chegar o mais longe possível no karaté. Integrar o COSL é também o fruto de um trabalho árduo que tenho vindo a desenvolver no clube e na selecção com a ajuda dos dirigentes, treinadores, família e amigos", explicou Jordan, que foi considerado também "aluno de mérito" do Sportslycée (Liceu do Desporto), estabelecimento de ensino que frequenta, na capital.

Após o Campeonato da Europa, o campeão luxemburguês de karaté tem previstas participações em vários estágios e competições nacionais e internacionais, com destaque para o torneio internacional do Dubai, em março, e para o Campeonato do Mundo em Novembro de 2017, em Tenerife, na Espanha.

Jordan tem treinado com grande intensidade, porque quer "ganhar maior experiência", tentar "lutar com os melhores do mundo de igual para igual e disputar os lugares nos pódios" nos grandes palcos internacionais do karaté. Michael Lecaplain, selecionador luxemburguês de karaté, congratulou-se pela entrada de Jordan no COSL a quem apelidou de "guerreiro". O selecionador grão-ducal destacou a sua "grande entrega nos treinos e competições" augurando-lhe "um grande futuro" na modalidade.

Quem alinhou pelo mesmo diapasão foi o sírio Zein Alabenin Suhail, atual treinador de Jordan Neves, que já foi também treinador da seleção do seu país: "Para mim, o Jordan é o melhor karateca do país em kumité, mas vai ter que continuar a trabalhar muito para chegar ao nível dos melhores do mundo", sublinha.

"Ele tem algo especial. É muito bom tecnicamente, bastante rápido, está sempre concentrado e sobretudo é um jovem humilde e com uma grande margem de progressão", reforçou Zein Alabenin , prevendo que o seu pupilo poderá vir a ser "um dos melhores da Europa num futuro próximo".

Fonte: Wort.lu

Os artigos mais recentes

19 Feb. 2017
OPINIÃO
SOBRE O ENSINAR

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau