ANÚNCIOS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

ANÚNCIO DE CONCURSO 12 Janeiro 2017

A Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde pretende recrutar uma agência de comunicação para elaboração dos conteúdos e mensagens a serem divulgadas sobre as «boas praticas» urbanísticas e os riscos de construções clandestinas, no âmbito do projeto CSO-LA/2016/374-886 (EC)- “Construindo cidades seguras e sustentáveis: um desafio às autoridades locais com o envolvimento de todos e de cada um”, financiado pela União Europeia.

ANÚNCIO DE CONCURSO

O recrutamento dessa agência de comunicação deverá também assegurar a implementação de uma série de ações de campanha de sensibilização e consciencialização nos Média, sobre os conteúdos citados anteriormente, entre as quais: i) divulgação de todos os conteúdos e mensagens chave junto da opinião pública, ii) Produção de todos os materiais de suporte de informação, Educação e Comunicação (spots, outdoors, flyers, desdobráveis...), realização de um concurso para realização de um vídeo nas redes sociais sobre as práticas urbanísticas e construções clandestinas etc.

Assim, são convidados todos os interessados a submeter as suas candidaturas, sendo:

PERFIL MINIMO EXIGIDO DOS CANDIDATOS: Ter na equipa peritos com Diploma Universitário em Comunicação, Relações publicas, Relações médias ou outras áreas afins. Cada perito deve ter no mínimo 5 anos de experiência em Comunicação ou Relações públicas e experiência de terreno enquanto responsável no apoio à elaboração de materiais de apoio a comunicação nas áreas de promoção ambiental, mudança de comportamento em relação ao ambiente/ higiene/saneamento ou outras áreas semelhantes. Para mais detalhes sobre o perfil exigido os interessados devem consultar os Termos de referências.

DOCUMENTOS EXIGIDOS: Cada equipa deve apresentar os seguintes documentos:

1) Uma proposta Técnica, deve conter os currículos individuais dos técnicos que pertencem a equipa e uma descrição clara da partilha de responsabilidade no seio da equipa. A submissão da candidatura deve ser acompanhada de uma carta de submissão em que indica que os concorrentes aceitaram e estão de acordo com os Termos de referências e as condições e especificações do concurso.

2) Uma proposta Financeira que deve indicar o preço total fixo do contrato. Para mais detalhes ver os Termos de referência.

APRESENTAÇÃO DAS CANDIDATURAS: As agências/empresas de Comunicação interessadas devem enviar as suas propostas: uma proposta técnica e uma proposta financeira, em envelopes separados. As duas propostas serão entregues num único envelope grande, na sede da ANMCV, até o dia 15 de Fevereiro de 2017, no seguinte endereço: ANMCV, Achada Santo António Edifício do IFH Bloco C. R/C, ) Atenção, os dois envelopes separados, lacrados, um indicando de forma legível no corpo dos envelopes “PROPOSTA TECNICA” e outro indicado “PROPOSTA FINANCEIRA” e ainda com referência ao concurso, “CANDIDATURA PARA CAMPANHA DE SENSIBILIZACAO E COMUNICACAO NOS MEDIA SOBRE BOAS PRATICAS URBANISTICAS” Rua Funchal CP 267 – A, Praia.

Uma lista restrita de candidatos seleccionados com base nas propostas Técnicas e na análise dos documentos comprovativos solicitados, serão contactados para a realização de uma entrevista e para uma discussão sobre a proposta financeira.

OBTENÇÃO DOS TDR: As equipas interessadas podem proceder ao levantamento dos “Termos de referência” do concurso, na Secretaria Geral da ANMCV, durante as horas normais de expediente, ou solicitar por correio eletrónico: anmcv@sapo.cv, gep.anmcv@gmail.com, com Cc a subarrosalfama@gmail.com.

SELECCÇÃO: A selecção será feita por um júri designado por Despacho do Sr. Presidente da ANMCV, devendo a respetiva ata do Concurso ser homologada pelo mesmo, e posteriormente rectificada pelo Conselho Directivo da Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade



Newsletter