Investigação: Tudo sobre o caso Monte Tchota

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Novo CEMFA: Capitão do Mar António Duarte em melhor posição 12 Maio 2016

António Duarte, o actual capitão dos Portos de Barlavento, é o oficial que se perfila como o mais bem posicionado para substituir o general Alberto Fernandes no cargo de chefe do Estado-Maior das Forças Armadas. Duarte, conforme fonte deste jornal, faz parte de um restrito grupo de cinco militares elegíveis para a chefia da instituição castrense cabo-verdiana e leva vantagem sobre os outros potenciais concorrentes por causa da sua patente de coronel da Marinha. De acordo com um oficial militar, a lei diz claramente que, havendo coronéis ou capitães do Mar, a escolha deve recair sobre esta categoria evitando descer para um posto inferior. “É um princípio militar” que a antiguidade deve ser valorizada e um oficial superior não deve ser comandado por outro mais recente, adverte a nossa fonte.

Novo CEMFA: Capitão do Mar António Duarte em melhor posição

Entretanto há outros nomes que aparecem neste cenário como prováveis candidatos. Dentre eles, o Tenente-Coronel Anildo Morais, Comandante da Guarda Costeira, o Tenente-Coronel João Silva, Chefe da Casa Militar do Presidente da República… Outros dois oficiais fazem parte deste pequeno grupo de potenciais substitutos do demissionário CEMFA, mas não foi possível a este jornal apurar as suas referências.

Conforme soube este semanário, António Duarte terá mais possibilidades de ser chamado pelo Governo para o cargo, por ter a patente mais alta. Mas isso pode não bastar, se não cair nas graças do poder político.

Para um militar abordado por este jornal, o actual chefe do Estado-Maior das Forças Armadas abriu um precedente ao pedir demissão do cargo. A seu ver, o general Alberto Fernandes devia “aguentar a carga” porque os militares são investidos para cumprirem a sua missão até ao fim. Na leitura militar, diz, é como se o CEMFA tivesse “abandonado o barco” à sua sorte no meio de uma tempestade.

A decisão do general Fernandes estimulou outras chefias a seguir o mesmo caminho, talvez em sinal de solidariedade. É que esta semana o coronel Jorge Martins, comandante da Guarda Nacional, o tenente-coronel Octávio Tavares, comandante do Pessoal, o tenente-coronel João Baptista Tavares, comandante da Logística, e o inspector Sá Miranda anunciaram que os seus postos estão também à disposição, em consequência dos acontecimentos do Monte Txota.

Governo deve ser cauteloso na nomeação do novo CEMFA

O primeiro-ministro, conforme outro oficial das Forças Armadas, deve agir com cautela na escolha do novo CEMFA. Lembra que neste momento está a decorrer um inquérito que pode envolver um ou outro militar de alta patente. São quinze dias para a conclusão do inquérito, pelo que, argumenta o nosso interlocutor, esta não será a melhor altura para um vazio de poder nas Forças Armadas. Aliás, como lembrou, o demissionário chefe do Estado-Maior das Forças Armadas permanecerá no cargo até à nomeação do seu sucessor.

A nossa fonte defende que o Executivo deveria ponderar a sua decisão, ouvindo de antemão todos os generais, coronéis e brigadeiros (na reserva ou reformados) que já tenham reunido requisitos para ocupar o cargo. Isto porque, no seu entendimento, embora sem ter exercido como CEMFA, ocuparam cargos, como por exemplo, de assessores, além de que conhecem muito bem a realidade militar do país.

Segundo a nossa fonte, a escolha do CEMFA faz-se de acordo com o cânone militar, o que o anterior Governo de José Maria Neves desrespeitou indo buscar um oficial fora da instituição militar para exercer o cargo, ainda mais alguém que estava desactualizado face aos assuntos militares. Como explica, Alberto Fernandes tem formação militar, mas esteve mais de uma década fora do activo. Para ele, havia outros oficiais no exercício mais bem preparados para o cargo de CEMFA. Por isso, a nossa fonte diz esperar que, desta vez, “o Governo faça uma escolha baseada na competência e não na tendência político-partidária do candidato”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade



Newsletter